blog-img
Aplicações e Servidor

Cloud Linux, o que é e para que Serve?

O CloudLinux é uma ferramenta para WHM/Cpanel, capaz de gerenciar a usabilidade de recursos do servidor para contas ou pacotes de vendas do WHM visando tornar a utilização de processamento, memória e disco mais democrática entre todas as contas de um servidor.

Com esta aplicação é possível identificar a conta que está utilizando mais recursos do servidor, e caso o pacote deste cliente seja um básico você poderá controlar diminuindo a capacidade de recursos que esta conta ou pacote poderá utilizar ditando em % a quantidade de processador, memória e entrada e saída de dados.

O limite de cada conta em nossos servidores compartilhados é o seguinte:

Processamento: 10%

Memória: 1GB

Conexões Concorrentes: 20

Processos de Entrada: 20

I/O: 512 kbps

[1] Uso de CPU

Este valor representa o quanto de recurso alocado da CPU você está usando atualmente. A quantidade de recurso da CPU que oferecemos a cada conta, é uma porcentagem dos recursos do servidor como um todo. A utilização é definida em 10% de acordo com nossos termos.

Se esse valor chega a 100%, então isso significa que você está usando todo o recurso da CPU que temos alocados para sua conta, ou seja, você está usando os 10% que são alocados para a mesma, mas isto, não significa que o servidor está usando 100% de uso da CPU. Uma vez que este valor atinge os 100%, todos os processos adicionais que tentam usar a CPU são colocados para o final da fila e terão que esperar até que todos os processos anteriores sejam concluídos. Isto fará com que seu website apresente bastante lentidão.

[2] Uso da memória física

Esse valor representa a quantidade de memória RAM que a sua conta está usando atualmente. Cada processo criado por sua conta irá consumir memória, por exemplo: cada página PHP que um usuário acessa, cada conexão ao serviço de email que você faz e assim por diante. A utilização é definida em 1GB de acordo com nossos termos.

Se esse valor chega a 100%(1GB), erros de acesso ao seu website serão apresentados, no entanto, assim que a utilização for reduzida, o acesso ao seu website ocorrerá normalmente.

[3] Processos de entrada

Processos de entrada são o número de processos que entram em sua conta. Por exemplo, todas as páginas PHP que são acessadas por um usuário, geralmente irá gerar um único processo de entrada. Mas muitos clientes interpretam mal este valor, pois acham que este é número de visitantes que podem acessar ao mesmo tempo seu website.

É verdade que cada visitante acessando uma página PHP irá gerar um processo de entrada, mas esses processos costumam terminar tão rapidamente que é extremamente improvável que 10 serão gerados simultaneamente e em um único momento, a menos é claro, que você tivesse um número significativamente grande de visitantes simultâneos em seu site. Como por exemplo em um lançamento de uma loja ou alguma promoção, lembre-se também que sessões SSH e tarefas agendadas, contam para processos de entrada.

Quando este limite é atingido, o erro 508 (atingiu o limite de recursos) é exibido. A quantidade de processos de entrada é definida com 20, de acordo com nossos termos.

[4] Limite de I/O

Este valor representa o quanto I/O (a atividade do disco) a sua conta está usando. Qualquer tarefa que faz uso da unidade de disco (leitura ou escrita) irá consumir deste limite. Isto garante que nenhuma tarefa executada (gerar backup, consultas MySQL grandes) por sua conta, não sature os discos, causando assim perda de desempenho para todos. O limite de I/O é de 512 Kbps de acordo com nossos termos.

Se ainda existir quaisquer dúvidas, entre em contato com nosso suporte através de sua área do cliente ou contato caso não seja cliente DJ WEB SYSTEM